"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." João 14.6

Coluna: FALANDO A ALMA
Nome: ROGÉRIO B. BERNARDES
E-mail: oirerog@gmail.com
Igreja: CASA DE ORAÇÃO EM JARDIM MARILÂNDIA
Memorando:

Rogério Batista Bernardes, casado com Marilene Rodrigues Bernardes, pai de Miguel e Marilia, nascido em Ecoporanga, em 1969.

Graduado pela Universidade Federal do Espirito Santo; Formado e Especializado em Psicanálise Clínica Pela UNIG e ABPC; Especializado em Gestão Pública Municipal, pelo IFES.

Quantidades de pessoas que visualizaram este texto288 Quantidade de pessoas que curtiram este texto Quantidade de pessoas que não gostaram deste texto

05/12/2015 11:57:12

SEMEADORES DE VIDA

“Pela manhã semeias a tua semente, e à tarde não retires a tua mão, por que tu não sabes qual prosperará: se esta ou àquela, ou ambas igualmente serão boas.” Eclesiastes 10.06.

No dia 31/01/2010, aproximadamente 06h30m, encontrei-me com irmão Ênis Machado, no estacionamento da Igreja Casa de Oração de São Torquato, Vila Velha, ES. Momentos finais do velório do nosso Irmão Wolmar. Ao saudá-lo, depois de alguns segundos, eu disse:

-Éh! Foram muitas sementes que ele plantou.

-É verdade! Respondeu o Ênis.

Após um tempo prosseguiu: “é como disse uma professora minha de biologia: muitas plantas explodem os frutos para lançarem suas sementes mais longe possíveis, outras os pássaros, os insetos, o vento, a água, os animais, se encarregam de levarem essas sementes para  lugares diversos”.

Pedi licença entrei para a capela, onde estava à figura corpórea do irmão Wolmar. Aproximei-me do irmão Ismael,  abraçamo-nos, assentei-me ao seu lado, e recolhi ao meu silêncio reflexivo, enquanto Ismael folheava a Bíblia.

A igreja estava cheia, lotada, pessoas de pé dentro do salão. Havia uma caravana do interior do estado, Irmãos “Pomeranos”, de uma região chamada Garrafão, distrito de Santa Maria de Jetibá, ES. Nessa região o Irmão Ismael, Filho do Irmão recém promovido à Glória, vêm exercendo seu ministério. A maior parte dos irmãos que lotavam: o ônibus, além de ocupar outros automóveis e caminhonetes,  são frutos do trabalho de Ismael.

Nessa observação consegui enxergar, que a partir das sementes plantadas, por Wolmar em Ismael, dezenas de frutos estavam ali. Quantos outros não estão pelo mundo afora!

Nesse momento recebi um telefonema, de minha esposa.

 - Gaato!...

- Sua mãe ligou!...

- Sua vó!... Descansou!

Respirei fundo, organizei as idéias. Veio-me um turbilhão de sentimentos, avisei um dos irmãos, e dirigi-me para Aracruz, onde sepultaríamos a Sr.ª Cecília, minha avó.

Cecília, senhora simples, de poucas palavras, casou-se com um homem conhecedor da palavra, mas sem temor a Deus. Dona Cecília, Passou sua vida em oração e entoando hinos de louvores ao Senhor. Esse modo de viver foi sua semeadura. Através dela algumas filhas aceitaram ao Senhor, genro como meu pai, homem ímpio, criado no espiritismo, cheio de vícios, violento, encontrou-se com o Senhor. Tornou-se um novo homem, com frutos espalhados por todo Brasil e mundo. São frutos que geram frutos, que geram frutos, que geram... É impossível enumerar os descendentes.

Queridos, muitas vezes achamos que não sabemos fazer nada na obra de Deus. As lições que tiramos desses exemplos citados no texto, são muitas. E uma delas é que: não temos que olhar para os canteiros, para os lados, para os outros, (parentes ou não). Temos que servir ao nosso Deus. Esse serviço não é vão. Com certeza alguma semente nascerá.

Qual?

Não nos compete saber!

Precisamos simplesmente semear; cuidar, principalmente de nós mesmos.

Nós somos frutos de simples cidadãos, mas poderosos no Espírito.

Deus vê em você, um semeador de vida!

Não desanime!

Rogério da Marilene.

 

Casa de Oração em Jardim Marilândia - Vila velha/ES
by, Fabiano de Azeredo