"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." João 14.6

Coluna: PALAVRA PROFÉTICA
Nome: SYLVIO XIMENES
E-mail: sylvioxdorcas@gmail.com
Igreja: CASA DE ORAÇÃO (Retiro) VOLTA REDONDA/RJ
Memorando:

Sylvio Ximenes, servo do Senhor Jesus Cristo desde 1980. Esposo da Dorcas Ximenes, pai de Michelly e Marcelly. Avô orgulhoso de Fabrizzio, Anna Jullya e Melina. Em 2018, fizemos 38 anos de casamento e converção, e 22 anos de tempo exclussívo na obra do Senhor. Graças a Deus - "O Senhor é o meu Pastor e nada me faltará". "O Senhor está comigo, entre aqueles que me ajudam..." Amém!

Quantidades de pessoas que visualizaram este texto Quantidade de pessoas que curtiram este texto Quantidade de pessoas que não gostaram deste texto
20

10/01/2018 09:47:57

FOMOS CHAMADOS PARA FRUTIFICAR

(João 15:1-27)

 

"Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; afim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda". (João 15:16)

Introdução

A igreja exerce um papel profético. Embora enfrente crises e obstáculos, tem a grandiosa promessa de Jesus: “Eis que estou convosco”. Seu grande desafio é permanecer firmada em Jesus, a fim de dar muito fruto (Jo 15:5).

Para que os planos e estratégias da Igreja sejam bem-sucedidos, cada crente precisa entender que não foi chamado para viver dentro das quatro paredes de uma Casa de Oração. Ele precisa ser o sal da terra e a luz do mundo, pregar contra o pecado e ter uma vida frutífera (Mt 5:13 e 14).

CHAMADOS PARA FRUTIFICAR

Na alegoria de João 15:1-27, Jesus se apresenta como sendo a “videira verdadeira”. Seus discípulos são os ramos e só frutificam se estiverem ligados a Ele (comunhão e intimidade), fonte verdadeira de vida. Nesse processo divino, todo ramo que não dá fruto (o não cristão) é cortado e lançado fora; e todo aquele que dá fruto (o cristão) requer um cuidado especial, para que frutifique ainda mais (v. 2).

A vida de frutificação pregada por Jesus precisa ser vista como base de crescimento e maturidade da Igreja. Deus não está interessado em salvar o pecador simplesmente para usufruir de suas bênçãos. Ele requer de cada cristão uma vida frutífera.

a) O chamado é para todos.Não são apenas alguns que precisam santificar suas vidas, orar, pregar a Palavra, etc. Todos os salvos têm os mesmos compromissos diante de Deus. Quando o Senhor voltar para buscar sua Igreja, pedirá contas a todos (2Co 5:10).

b) O compromisso é pessoal (Jo 15:4). Jesus atribui a cada cristão a missão de trabalhar pelo crescimento da igreja. Essa individualidade implica compromisso pessoal e envolvimento diário por parte de cada um de nós, como um corpo bem ajustado (1Co 12:12).

TRABALHANDO OS TALENTOS

Deus jamais exigiria de um cristão uma vida de frutificação sem antes prover os recursos necessários para o trabalho. Se não fosse assim, poderíamos nos escusar quando o Senhor viesse para ajustar as contas com sua igreja. A parábola dos talentos, narrada em Mt 25:14-30, ilustra esta verdade. A história diz que certo homem se ausentou de sua terra e entregou seus bens a seus servos, para serem trabalhados com disposição, seriedade e coragem. O que nos ensina esta passagem?

a) Talento gera talento. O homem que recebera cinco talentos ganhou com eles outros cinco; o que tinha dois granjeou outros dois (v. 20 e 22). A diligência levou à multiplicação. Então, se talento gera talento, põe-se dizer que ovelha gera ovelha. Para tanto, cada crente precisa colocar suas aptidões cristãs a serviço do Reino de Deus. É maravilhoso saber que quando usamos nossos talentos e dons na obra de Deus, a Igreja é favorecida e abençoada.

b) Frutificar requer esforço e trabalho. Os servos se esforçaram para que os talentos se multiplicassem. Trabalharam com seriedade, porque sabiam que seu senhor haveria de voltar a qualquer momento e pediria contas dos bens. Aquele que recebeu um talento nada fez para que o valor recebido fosse multiplicado; sequer o entregou aos banqueiros (v. 27).

Na vida espiritual também é assim. Nada acontece sem que haja esforço, empenho, disposição e amor. O Senhor disse a Josué: "Esforça-te, e tem bom ânimo…" (Js 1:9).

O PERIGO DE UMA VIDA INFRUTÍFERA

Para ilustrar este ponto, vamos à parábola da figueira estéril (Lc 13:6-9). Aprendemos as seguintes lições:

a) Fidelidade e privilégios. O Judaísmo foi comparado por Jesus a uma figueira infrutífera. Esperava-se que entre o povo escolhido houvesse fé, devoção, contrição e santidade. No entanto, havia apenas formalismo religioso e pecados ocultos. Deus não queria folhas, mas frutos. Deus exige fidelidade proporcional às aptidões espirituais que Ele nos concede.

b) Uma igreja infrutífera. Qual não foi a decepção do senhor da vinha que, durante três anos, não pôde encontrar um fruto sequer em sua plantação. O povo escolhido não estava correspondendo ao chamado de Deus. Por isso, estava sendo infrutífero em suas realizações, como uma planta que ocupa a terra inutilmente (v. 7). Muitas igrejas hoje assemelham-se ao Israel daquela época. A cada ano Deus tem procurado frutos, mas nada tem encontrado.

CONCLUSÃO

O que contribuiu para que a figueira infrutífera não fosse cortada foi a pronta e amorosa atitude do vinhateiro (Lc 13:8, 9). No entanto, nada se sabe sobre o seu fim. Mas, uma coisa é certa, ela teve a oportunidade de continuar plantada, para apresentar os frutos ao seu Senhor. Deus tem dado a cada crente muitas oportunidades de se envolver com o crescimento da igreja. Vamos aproveitá-las e, com muita dedicação, fazer a obra do Senhor.

S. Ximenes.

Nenhum comentário!
Seja o primeiro a comentar

COMENTÁRIOS (0)

MAIS PUBLICAÇÕES DESTE COLUNISTA

EU AMO SUA VOLTA - Uma perspectiva consoladora

EU AMO SUA VOLTA - Nova cidadania

EU AMO SUA VOLTA - Ardente espera

EU AMO SUA VOLTA - Não há consolo melhor

EU AMO SUA VOLTA - Uma ressurreição plena

EU AMO SUA VOLTA - Enfim, a paz!

EU AMO SUA VOLTA – Vivendo de amor pela Volta de Jesus

EU AMO SUA VOLTA - O Pentecoste “inverso”

EU AMO SUA VOLTA - Você espera por Jesus?

EU AMO SUA VOLTA - O maior tesouro

EU AMO SUA VOLTA - Eterna glória

EU AMO SUA VOLTA - Quanto tempo falta?

EU AMO SUA VOLTA - Em breve O veremos!

EU AMO SUA VOLTA - A expectativa na prática

EU AMO SUA VOLTA - Venha o Teu Reino

EU AMO SUA VOLTA - Nossa motivação

EU AMO SUA VOLTA - Não desistir!

EU AMO SUA VOLTA - A Boa Notícia para a atualidade

EU AMO SUA VOLTA - A recompensa será maravilhosa

EU AMO A SUA VOLTA - OS EFEITOS DOS NOSSOS ANSEIOS

EU AMO SUA VOLTA - Jesus voltará em breve!

EU AMO A SUA VOLTA - É como o “amém” na igreja

EU AMO SUA VOLTA - A recompensa pela fidelidade

EU AMO SUA VOLTA - Ele é o vosso Rei?

EU AMO SUA VOLTA - Um Novo Universo

EU AMO SUA VOLTA - Expectativa grande demais?

EU AMO SUA VOLTA - O Último Pedido

EU AMO SUA VOLTA - Jesus Voltará!

A VOLTA IMINENTE DE JESUS E O NOSSO ESTILO DE VIDA(VI)

A VOLTA IMINENTE DE JESUS E O NOSSO ESTILO DE VIDA(V)

A VOLTA IMINENTE DE JESUS E O NOSSO ESTILO DE VIDA IV

A VOLTA IMINENTE DE JESUS E O NOSSO ESTILO DE VIDA

A VOLTA IMINENTE DE JESUS E O NOSSO ESTILO DE VIDA (II)

A VOLTA IMINENTE DE JESUS E O NOSSO ESTILO DE VIDA

NOSSA MOTIVA-ÇÃO INFLUENCIARÁ NOSSA ORA-ÇÃO (II)

NOSSA MOTIVA-ÇÃO INFLUENCIARÁ NOSSA ORA-ÇÃO (I)

PEDRAS VIVAS

Barnabé: um promotor do crescimento...

ONDE ESTÁ BARNABÉ?

BARNABÉ: UMA PESSOA CHAVE

BARNABÉ: UM HOMEM DE CONSOLO

BARNABÉ: UM HOMEM ALTRUÍSTA

Barnabé: um homem conciliador

BARNABÉ: O SEGREDO DO SEU SUCESSO

BARNABÉ: O MISSIONÁRIO

“Este é o caminho; siga-o”

FEITA DE SUCATA?

BOAS NOVAS DE GRANDE ALEGRIA

ELE, O PRIMEIRO EM TUDO

NO BRILHO DA SUA GLÓRIA

PRECISAMOS UNS DOS OUTROS

FALTAM DOIS MINUTOS E MEIO PARA O DIA DO JUÍZO FINAL...

AVANTE PARA A VITÓRIA!

OS CINCO PILARES DA REFORMA PROTESTANTE

ENVIADO PARA VENCER

INCRIVELMENTE MARAVILHOSA

AMADO INFINITAMENTE

SUA CONFIANÇA

Você espera por ele? Realmente?

O TEMPO ACEITÁVEL...

O QUE ACONTECERÁ EM 23 DE SETEMBRO DE 2017?

A SOMA DE TODOS OS MEDOS...

A VERDADE SOBRE O TEMPLO DOS ÚLTIMOS DIAS

A PREPARAÇÃO PARA O TERCEIRO TEMPLO

O SONHO DA ESTÁTUA (Dn 2)

O FIM É SÓ O COMEÇO!...

ESTÁ TÃO DIFÍCIL ESPERAR!

ADORANDO O DEUS DA TECNOLOGIA

DIAS DE NOÉ E DIAS DE LÓ

TEMPOS DIFÍCEIS

DESNUTRIÇÃO PROFÉTICA

3.000 Anos de História Judaica

"VENENO NA PANELA"!...

Ai! ...

AS LAGARTAS DESTRUIDORAS, ...

PEDRAS VIVAS!...

CUIDADO!

Quem Penso que sou?...

Feliz Páscoa!...

Páscoa Feliz!...

Diferenças Entre o Arrebatamento e a Segunda Vinda

O QUE VOCÊ ESPERA?

“RELÓGIO DO JUÍZO FINAL”

VITÓRIA EM JESUS

A Lagarta Destruidora, que nunca chega a Metamorfose

O MELHOR AINDA VIRÁ

O CÉU ANTES DA VOLTA DE CRISTO

OFERTA PACÍFICA...

CERTEZA

UM CRISTÃO PODE PERDER A SALVAÇÃO?

CARTA AOS JOVENS

UNIDADE E UNÂNIMIDADE

Em Crise...

ESPERANÇA QUE VAI ALÉM!...

VENHA O TEU REINO

ELE É O VOSSO REI?

NOITE DE PAZ!

A CORRETA ESPERA!...

ESTEJAM PREPARADOS!

ESTEJAIS ATENTOS!

EM BREVE O VEREMOS

ELE VOLTARÁ!...

A MAIOR PROFECIA DE TODOS OS TEMPOS

“Golias só cai diante daquele que leva pão e queijo”

Lideres “Incapazes de Latir”!?

Ano da abundância e abundância da graça

SEM PERDER A VISÃO PARA FAZER MISSÕES

Profecias cumpridas em Israel (IV parte)

Profecias cumpridas em Israel (III parte)

Profecias cumpridas em Israel (II parte)

Profecias cumpridas em Israel (I parte)

As Profecias dos Terremotos – (Isaías 24)

.:: DEIXE SEU COMENTÁRIO ::.

Digite no campo abaixo o que você vê na imagem

 

Casa de Oração em Jardim Marilândia - Vila velha/ES
by, Fabiano de Azeredo