"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." João 14.6

NOTÍCIAS GOSPEL

Quantidades de pessoas que visualizaram este texto
233
Quantidade de pessoas que curtiram este texto
Quantidade de pessoas que não gostaram deste texto

A igreja não está pronta para o que vem por aí, afirma especialista em profecias

Ignorar as profecias bíblicas é um perigo, na opinião de Jake McCandless

por Jarbas Aragão

 

Redator de um site sobre profecias bíblicas e autor de livros sobre o tema, o teólogo Jake McCandless está preocupado com a situação da igreja no Ocidente. Para ele, a fidelidade dos cristãos está sendo desafiada “de muitas maneiras”. Acrescenta que somos abençoados por termos liberdade de culto, mas ao mesmo tempo isso nos torna “fracos” na fé.

 

“Na maior parte do mundo de hoje, se você decidir seguir a Cristo, sabe que vai enfrentar a perseguição de imediato. Nós somos simplesmente fracos! Nem imaginamos que poderíamos enfrentar lutas. Isso nos coloca em um lugar perigoso”, assegura.

Ele acaba de lançar seu novo livro, “Preparação Espiritual: Profecias ignoradas sobre os últimos dias”, onde relata que há um “abandono” das igrejas no estudo da profecia, especialmente entre os crentes mais jovens.

 

O estudioso foi pastor por alguns anos, mas resolveu dedicar-se somente ao ensino. Ele argumenta que conhecer a profecia é “crítico” para revitalizar a igreja, pois é algo essencial no estudo da Bíblia. “Aproximadamente um quarto da Escritura é profecia, e metade delas tem a ver com os últimos dias, a geração que precederá o retorno do Senhor”, lembra.

 

“Eu acho que está mudando, mas até muito recentemente, a igreja não prestava muita atenção nas profecias. Há quem zombe do que a Palavra de Deus diz que irá acontecer nos últimos dias”, desabafa.

McCandless disse que os cristãos deveriam entender que as profecias não tratam apenas de eventos grandiosos que aconteceram no passado ou ainda ocorrerão, mas oferecem uma nova visão sobre o que está acontecendo agora e os desafios específicos que a igreja enfrenta.

 

“A profecia é evitada por muitos”, disse ele. “Não apenas pelos pastores, mas pelas pessoas em geral… A grande maioria da igrejas simplesmente não fala sobre elas. Então acho que eles estão precisando voltar ao nível básico do que a Escritura diz.

O teólogo acredita que um erro comum é achar que “profecia” é algo que remete apenas à Marca da Besta, ao Anticristo que surgirá ou a cena geopolítica nos tempos finais.

“Há muitas passagens que são conhecidas, mas não olhamos para elas como proféticas. Realmente é preciso observar as passagens que descrevem a humanidade e especialmente o comportamento dos cristãos no final dos tempos, no tocante à sua moralidade e fé”, justifica.

Ele cita 2 Timóteo, quando fala sobre as pessoas serem cada vez mais egoístas, 2 Pedro 3, que mostra sobre como a fé em Jesus seria motivo de zombaria e Mateus 24:10, onde Jesus afirma que muitos se desviarão nos últimos dias.

Como conferencista, ele disse visitar muitas igrejas, mas o cenário de desconhecimento na maioria delas é o mesmo. Por isso decidiu escrever um livro, na esperança de atingir mais pessoas com essa mensagem de alerta.

“No livro, mostro os desafios que enfrentamos por negligenciarmos as profecias, especialmente as de Mateus 24”, sublinha. Ele lembra que a perseguição dos seguidores de Jesus em lugares como o Iraque e a Síria apontam para uma tendência global.

“O que eu mais via quando eu era pastor, o motivo pelo qual as pessoas paravam de  frequentar regularmente a igreja é porque eles diziam que tiveram seus sentimentos feridos!”, por isso a sua conclusão é que a Igreja, de modo geral, simplesmente não está preparada para o que está por vir sobre o mundo.

“Você acha um tipo diferente de igreja em cada esquina, onde estão ensinando coisas muito diferentes. Nem todo mundo vai estar certo mas há muitas mensagens saindo, sabe? Acredito que realmente temos que buscar a verdade”, insiste.

Portanto, um bom caminho é começarmos a estudar as profecias e incorporamos esses ensinamentos, “só assim poderemos fortalecer a nossa fé”, encerra. Com informações WND

Data: 14/04/2017 14:11:50
Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br/igreja-nao-esta-pronta-para-o-que-vem-por-ai-especialista-profecias/

Nenhum comentário!
Seja o primeiro a comentar

.:: COMENTÁRIOS ::.

.:: DEIXE SEU COMENTÁRIO ::.

Digite no campo abaixo o que você vê na imagem
Digite o texto da imagem no campo abaixo


Casa de Oração em Jardim Marilândia - Vila velha/ES
by, Fabiano de Azeredo