"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." João 14.6

NOTÍCIAS GOSPEL

Quantidades de pessoas que visualizaram este texto
177
Quantidade de pessoas que curtiram este texto
Quantidade de pessoas que não gostaram deste texto

Teólogo pede que cristãos não esqueçam: “A Ressurreição mudou tudo”

N T Wright diz que “a missão cristã é implementarmos a vitória conquistada por Jesus na cruz”

por Jarbas Aragão.

 

O renomado teólogo e bispo anglicano N.T. Wright acredita que falta algo muito importante para os cristãos quando falamos sobre a Páscoa. “Esta mensagem sobre um Deus irado e uma vítima inocente tem muito mais em comum com o pensamento pagão antigo do que com o pensamento judaico ou cristão”.

Wright gostaria que os cristãos não deixassem de fora o restante da narrativa. “O problema é que a última grande cena na Bíblia não é sobre as almas salvas subindo ao céu como mostram as pinturas medievais, difundidas pelo catolicismo. Na verdade, é sobre a nova Jerusalém descendo do céu à terra, de modo que o céu e a terra se unem para formar uma coisa só”, sublinha.

O estudioso ressalta que “Quando você olha para as narrativas de crucificação nos quatro Evangelhos, vê que o foco não é só a morte, mas Jesus sendo entronizado como rei”. Ele lembra que Mateus, Marcos, Lucas e João “têm ângulos muito diferentes, mas todos convergem para o fato que, ao Jesus ser crucificado, algo acontece. O resultado é que o pecado e a morte são vencidos”.

Falando à revista Relevant, ele explica que seu livro mais recente é sobre a “revolução” iniciada na cruz, mas que vai muito além dela. “Se estudarmos seriamente o Novo Testamento, veremos que a crucificação de Jesus é o meio pelo qual o Reino de Deus é estabelecido na terra como é no céu, porque os poderes deste mundo são derrotados e um novo mundo nasce”.

Traçando paralelos como as tradições das igrejas muitas vezes se sobrepõem à revelação bíblica, ele questiona: “Aprender a pensar historicamente e escatologicamente é realmente difícil para as pessoas em nossos dias, mas cada geração deveria se perguntar-se como a ressurreição afeta a vida no meu tempo”

Considerando as comemorações atuais da data, ele observa que “A Páscoa [sexta-feira] nos ordena a pensar sobre uma fisicalidade não corruptível, sobre um mundo físico que não está mais sujeito à decadência e morte. Contudo, a ressurreição [domingo], nos empurra para trás para vermos que é tudo sobre o Reino de Deus”.

Nos dias em que vivemos, onde o mal parece estar triunfando, Wright pede que os cristãos ganhem uma perspectiva diferente: “Vá e leia a história novamente Mateus, Marcos, Lucas e João. Veja que Jesus confrontava os poderes estabelecidos, desde os fariseus conspiradores, até os demônios. Ele estava enfrentando o mal em todas as suas formas, e se entregou a fim de tomar todo esse peso sobre Si para ressurgir triunfante.”

Encerra dizendo que “Este é um mistério muito profundo, e possivelmente nunca vamos compreendê-lo completamente. Afinal, nós, no Ocidente, muitas vezes somos tentados a pensar que o Cristianismo realmente não fez grandes mudanças no mundo”.

A solução? O autor diz que é nessas horas que precisamos olhar para a cruz e ver que ela mudou tudo. Uma das lições que o bispo gostaria que todo cristão aprendesse é que “a missão cristã é implementarmos a vitória conquistada por Jesus na cruz. Todo o resto será consequência disso”.

Data: 18/04/2017 10:32:39
Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br/ressurreicao-mudou-tudo/

Nenhum comentário!
Seja o primeiro a comentar

.:: COMENTÁRIOS ::.

.:: DEIXE SEU COMENTÁRIO ::.

Digite no campo abaixo o que você vê na imagem
Digite o texto da imagem no campo abaixo


Casa de Oração em Jardim Marilândia - Vila velha/ES
by, Fabiano de Azeredo