"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." João 14.6

NOTÍCIAS GOSPEL

Igrejas estão se transformando em espaços de co-working nos EUA para aumentar arrecadações

 

Os chamados co-workings são opções perfeitas para quem trabalha por conta e precisa de um espaço físico para realizar suas tarefas.

Em Nova York uma Igreja Luterana de 90 anos abriu seu espaço para esses profissionais. No Brooklyn uma comunidade judaica também liberou espaços para se transformar em um co-work e uma igreja cristã no Texas também.

Os espaços de co-working geram US$ 26 bilhões por ano, é exatamente o dinheiro que as igrejas desejam arrecadar. Para isso, oferecem seus espaços em troca de doações que são menores que os valores cobrados por vários prédios próprios para co-working espalhados pelos EUA.

Na Igreja Luterana da Expiação de Nosso Salvador (OSA), por exemplo, a mesa da cozinha serve para profissionais trabalharem com seus notebooks durante o dia. O preço da doação para usar este espaço é de US$ 5 a US$ 10 por dia.

Ao jornal The Guardian, o professor de sociologia do Baruch College, Ted Henken, disse que procurava um espaço para trabalhar e encontrou a igreja luterana. Os valores baixos foram o que o fez optar por passar a trabalhar de dentro da igreja.

Nos EUA, de 6.000 a 10.000 igrejas fecham a cada ano e as doações para as congregações vêm caindo há décadas, e, assim como acontece na Europa, as igrejas enfrentam crises financeiras e precisam encontrar formas para se manterem. Os programas de co-working é uma forma modesta de fonte de receita.

No bairro de Gowanas, no Brooklin, a igreja luterana St Lydia abriu seus espaços para um fim “secular”: se tornou uma sala de jantar. Ali, frequentadores da igreja ou não podem se reunir para refeições, antes disso também era um espaço de trabalho compartilhado.

Ao jornal, a pastora fundadora da St Lydia, Emily Scott, acreditava que o co-working era uma extensão da missão da igreja “de dissipar o isolamento e reconectar os vizinhos”.

Em Dallas, o porão da Igreja Metodista Unida White Rock abriga o Mix , um espaço flexível para trabalhadores nas indústrias criativas. Por US $ 150 por mês, os membros recebem acesso em tempo integral a um estúdio de dança, sala de conferência, estação de costura e estúdio de artista.

“Na Central, estamos usando um modelo que pode ser replicado mais prontamente por qualquer igreja: aproveitando o espaço existente, mobiliário e equipe e reconhecendo o espaço de co-working como um ministério da igreja, em vez de uma entidade separada dentro do edifício”, disse Daryn DeZengotita, fundador da Mix and SyncLife Coworking na Central Christian Church em Dallas, no Texas.

Data: 03/09/2019 20:25:43
Fonte: https://www.gospelprime.com.br/igrejas-estao-se-transformando-em-espacos-de-co-working-nos-eua-para-aumentar-arrecadacoes/

Nenhum comentário!
Seja o primeiro a comentar

.:: COMENTÁRIOS ::.

.:: DEIXE SEU COMENTÁRIO ::.

Digite no campo abaixo o que você vê na imagem
Digite o texto da imagem no campo abaixo


Casa de Oração em Jardim Marilândia - Vila velha/ES
by, Fabiano de Azeredo