"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." João 14.6

NOTÍCIAS GOSPEL

Quantidades de pessoas que visualizaram este texto
280
Quantidade de pessoas que curtiram este texto
Quantidade de pessoas que não gostaram deste texto

Menções a Deus e a Bíblia permeiam votos do impeachment

Câmara aprova prosseguimento do processo de impeachment no Senado

por Leiliane Roberta Lopes

Neste domingo (17) o Brasil parou para acompanhar a votação dos deputados em relação ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Ao serem chamados, cada deputado poderia justificar seu voto e então afirmar se era favorável ou contrário ao impedimento.

O que mais se ouviu dos parlamentares foram menções à Deus, afirmando que em nome Dele se posicionariam a respeito da pauta do dia.

Entre as falas mais comentadas, está o voto dado pelo presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), réu no processo do Petrolão, que pediu misericórdia. “Que Deus tenha misericórdia dessa nação”, disse Cunha que votou pelo sim, para que a presidente Dilma seja impedida de continuar seu mandato.

O deputado Marco Feliciano (PSC-SP) também citou Deus em sua fala. “Com ajuda de Deus, pela minha família e pelo povo brasileiro, pelos evangélicos da nação toda, pelos meninos do MBL, pelo Vem pra Rua, dizendo que Olavo tem razão, dizendo tchau para essa querida, e dizendo tchau ao PT, partido das trevas, eu voto sim!”

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), fez um discurso controverso ao defender os militares que tomaram o poder do país em 1964 e também agradeceu à Deus antes de votar pelo impeachment de Dilma.

“Pelo povo de São Paulo nas ruas com o espírito dos revolucionários de 32, pelo respeito aos 59 milhões de votos contra o estatuto do desarmamento em 2005, pelos militares de 64, hoje e sempre, pelas polícias, em nome de Deus e da família brasileira, é sim! E Lula e Dilma na cadeia!”

Ao se aproximar do microfone, o deputado Cabo Daciolo (PTdoB-RJ), deu um “Glória a Deus”, criticou a Rede Globo e decretou fim da emissora. “Eu nome do Senhor Jesus eu decreto a queda de vocês (Rede Globo) a partir de hoje”. Ao dizer que vota pelo sim, Daciolo concluiu: “Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor”.

Mas não foram só os deputados a favor do impeachment que usaram o nome de Deus. Alguns parlamentares contrários ao impedimento também citaram a Deus em seus discursos.

A deputada Regiane Dias (PT-PI) afirmou: “Primeiro eu oro para que Deus abençoe a nossa querida nação, segundo pelo desenvolvimento do meu querido estado do Piauí”, disse ela citando os votos que elegeram Dilma Rousseff e dizendo que é contra ao impeachment.

Ouve também um deputado que resolveu ser irônico em relação as falas dos deputados que citaram à Deus. “Nunca na minha vida eu ouvi, em um espaço, usarem tanto o nome de Deus como se fosse um panfleto”, disse Luiz Sergio (PT-RJ).

Por volta das 23h10, a votação alcançou o número necessário de votos a favoráveis ao seguimento ao processo de impeachment.

Data: 18/04/2016 10:57:44
Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br/deputados-votos-impeachment-deus/

Nenhum comentário!
Seja o primeiro a comentar

.:: COMENTÁRIOS ::.

.:: DEIXE SEU COMENTÁRIO ::.

Digite no campo abaixo o que você vê na imagem
Digite o texto da imagem no campo abaixo


Casa de Oração em Jardim Marilândia - Vila velha/ES
by, Fabiano de Azeredo